Canal de notícias

Está na hora de se preocupar com a qualidade do combustível!

Por que é importante se preocupar com a qualidade do combustível? 

Pense nessa pergunta por alguns minutos… e continue a leitura. 

A qualidade do combustível é tão importante para os consumidores finais quanto para os postos que o comercializam, um combustível de qualidade tem muito a ver com a manutenção do veículo e como ele irá se portar na estrada, mas referente aos postos que o comercializam o que está em jogo é sua reputação e os resultados financeiros obviamente. 

Abastecer os automóveis com combustível adulterado e batizado, causa enormes prejuízos e danos que muitas vezes são irreversíveis, por isso confira como certificar-se que um combustível é de qualidade e não está “batizado ou adulterado”. 

Combustível adulterado e batizado. 
Este termo é utilizado para definir um combustível que não está de acordo com os padrões estabelecidos pela Agência Nacional do Petróleo, ou seja, ele é vendido como gasolina, porém em sua maior quantidade tem etanol, ou até mesmo o etanol que pode ser adulterado com água, o mesmo também acontece com o óleo diesel. 

Prejuízos para ambos: consumidor e posto. 
Como já mencionado logo no início do artigo, a adulteração causa prejuízos para ambos, para o consumidor o prejuízo está no desgaste do automóvel, podendo apresentar diversos problemas mecânicos. 

Um dos primeiros pontos a serem observados é na hora de dar partida, se ele começar a falhar está na hora de mudar de posto. 

Já para os postos de gasolina, além da má fama, os prejuízos financeiros estão inclusos, como também a grande possibilidade de uma intervenção e processos judiciais. 

Testes de qualidade

De acordo com a Lei todos os postos são obrigados a realizar o teste de qualidade quando o consumidor solicitar. Se porventura o posto de gasolina se recusar a realizar, é do direito do consumidor formalizar uma denúncia ao Procon de sua cidade e à ANP - Agência Nacional do Petróleo através do telefone: 0800 970 0267 ou no site www.anp.gov.br

Esse teste é bem simples, porém é preciso ter uma pessoa capacitada para realizá-lo, o teste não é cobrado, e é feito através de uma proveta. Há duas formas de saber: 

A primeira é a porcentagem de etanol anidro (permitido por lei apenas 27%) que é misturado na proveta uma solução de água com sal. 
Já o etanol as bombas precisam ter um indicador de segurança, quando o volume estiver abaixo da linha vermelha significa que o etanol não é confiável. 

Outra informação importante é que muitos postos enganam o consumidor sobre a quantidade abastecida, se por uma acaso desconfiar, você pode pedir um teste de vazão, que é feito com um galão de 20 litros. A diferença entre o que está marcado na bomba e no galão é de 100 ml para mais ou para menos. 

Fique atento! 

A Transac tem orgulho em transportar combustíveis da melhor qualidade, por isso sempre estamos dando dicas de como evitar abastecer em postos duvidosos. 

Voltar

Encontre sua notícia


Acompanhe nossas notícias

Seja um agregado

Estamos cadastrando.

Selo Selo

© 2022. TRANSAC. Todos os Direitos Reservados. | Desenvolvido por: Cliecom Marketing Digital.