Canal de notícias

Anfetamina aumenta os riscos de acidentes

Muitos caminhoneiros, por conta de longas viagens, fazem uso de drogas proibidas para se manterem acordados e correm graves riscos de sofrerem acidentes nas estradas.

Conhecidas popularmente como “rebites”, estas drogas são mais comuns do que muitos imaginam, apesar de serem proibidas.

O Ministério Público do Trabalho, do Estado de Mato Grosso do Sul, divulgou um estudo realizado durante cinco anos, com 207 motoristas, que mostrou que 30% dos caminhoneiros dirigem sob efeito de drogas fortes.

Veja abaixo reportagem feita pelo Jornal Nacional, sobre o uso de drogas por caminhoneiros:



Já em vigência, a nova Lei dos Caminhoneiros, aprovada no mês de março, diz que “serão exigidos exames toxicológicos, previamente à admissão e por ocasião do desligamento, quando se tratar de motorista profissional, assegurados o direito à contraprova em caso de resultado positivo e a confidencialidade dos resultados dos respectivos exames”.
Voltar

Encontre sua notícia


Acompanhe nossas notícias

Seja um agregado

Faça seu cadastro agora Estamos contratando.

Selo Selo

© 2018. TRANSAC. Todos os Direitos Reservados. | Desenvolvido por: Cliecom Marketing Digital.